Connect with us

Dicas de Revenda

Aprenda a calcular a sua margem de contribuição e Construa um mix de vendas eficiente

Published

on

Hoje iremos falar de algo muito importante em uma loja: o Mix de Produtos. Vamos aprender a comprar e construir uma variedade de produtos que promete ser mais atrativo e com maior margem de venda.

 

Imagine se você diante dos 6 produtos mais vendidos da sua loja e você só pudesse escolher 3, quais você escolheria? E agora, me responde, qual destes 3 produtos têm a maior margem de contribuição? Então por que trabalhar com os outros 3 produtos que você não escolheu? Essa resposta lógica seria a decisão correta? Para a maioria das pessoas sim, mas será mesmo que é esse o caminho?

Para chegarmos em uma resposta sensata é preciso analisarmos algumas questões revelantes:

  • Primeiro e o mais importante, você sabe o que é margem de contribuição? Como eu sei qual é o produto que tem a maior margem de contribuição?

Calma, vamos lá, primeiro, margem de contribuição é o valor que cada produto gera para cobrir os seus custos fixos.Para descobrir qual a margem de lucro de cada produto é preciso aplicar a seguinte formula sobre o valor de compra de cada produto: MC = PV – Custos Diretos   (PV: margem de contribuição, PV: preço de venda)

  • Segundo: você sabe quais são os seus custos fixos?

Para quem ainda não sabe, custos fixos ou despesas fixas são aqueles gastos mensais que não dependem de fatores externos para serem cobrados. Por exemplo, o aluguel, a folha de pagamento, a internet, a conta de luz, etc.

  •  Terceiro e não menos importante: quais são os seus custos diretos?

Custos ou despesas diretas, nada mais é do que os seus custos variados, por exemplo, o preço da bolsa que você acabou de comprar, impostos sobre as vendas, comissões da equipe de vendas, etc.

Com todos esses dados na ponta do lápis, fica infinitamente mais fácil calcular a sua margem de contribuição de cada produto vendido em sua loja. Mas calma, não é só isso que você precisa para comprar/vender os produtos que possuem a maior margem de contribuição.
Mas saiba, que os três passos que ensinamos a cima é só o básico para você  entender um pouquinho sobre a sua margem de contribuição. Agora que você já sabe o básico, vamos dar um passo a mais e analisarmos juntos um pouquinho mais a fundo.
Imaginemos o seguinte exemplo:
(Análise simples da Margem de Contribuição)

Produto Receita Custos Variáveis M.C. Ranking
A 460.000,00 250.000,00 110.000,00 A
B 120.000,00 100.000,00 10.000,00 C
C 240.000,00 60.000,00 100.000.00 B
Total 720.000,00 500.000,00 320.000,00

Parece difícil, mas com essa análise simples, podemos concluir que o produto que deveríamos investir e vender mais, seria o A, na sequencia o C e por último o B.
Mas o mundo real não é bem assim, existe variáveis, por isso que precisamos analisar também os seguintes fatores:  a Margem de Contribuição x Fator limitativo.
E agora, como eu calculo isso? Calma essa analise é um pouco mais simples:

  1. Vamos imaginar que:
  • Não temos estoques iniciais.
  • Tudo que foi comprando foi vendido:

Produto A – 10.000 unid.  Produto B – 7.500 unid. Produto C – 2.500 unid.

  • A capacidade máxima de venda da loja, medida em mão de obra direta, não ultrapassa 150.000 horas anuais. (LIMITADOR)
  • Quantidades máximas que o mercado absorve de cada produto são:

A – 12.000        B – 9.500       C – 3.000 unidades

  • E, por fim consideramos também que, Custos /Despesas fixas são de R$ 100.000,00.
  1. Devido ao fator limitante (Horas de loja aberta), teremos:
Produto  Quant.  M.C. Horas Gastas  Ranking
 Vendida  Unit. por produto por hora
A   110.000,00                  11,00 5 R$ 2,20 A
B     20.000,00                     2,67 2 R$ 1,33 B
C     90.000,00                  36,00 34 R$ 1,06 C
Total   220.000,00
Memória de cálculo: R$ 2,20

Observe que o ranking dos produtos mais rentáveis alterou devido ao cálculo da MC ser ajustado em função das horas de loja aberta/ limitação na produção.
E finalmente, teremos que calcular as quantidades que precisam serem vendidas utilizando o novo RANKING dos produtos, lembrando que não podemos “estourar” a capacidade de compra que é de: 150.000 horas/homem.
  Apresento agora, conforme prometido, o MIX MATADOR:
 

a

b

c = a*b A  
Produto Qtde admitida Horas Gastas Total de horas Total de horas
pelo mercado por produto Gastas Possíveis
A 12000 5 60.000 60.000  
B 9500 2 19.000 19.000  
C 3000 34 102.000 71.000  150 – (60 + 19 )
Total     181.000
Ultrapassou a Quantidade de Horas
150.000
    232.509,80
a   b

c = a/b

d e = c * d
Total de horas Horas Gastas Unidades
Possíveis por produto por produto UNITÁRIA TOTAL
 60.000   5 12.000 11,00 132.000,00
19.000   2 9.500 2,67 25.333,00
71.000  150 -(60 + 19) 34 2.088 36,00 75.176,47
150.000       232.509,80
Custo Fixos -100.000,00
Maior Lucro Líquido possível  132.509,80

Conclusão:

  • Procurar o produto que tem maior margem não é, muitas vezes, suficiente.

 

  • Precisamos investir no produto que apresente a melhor margem de contribuição por fator limitativo de capacidade.

Agora que você já sabe como comprar e vender melhor, que tal abastecer a sua loja com as novidade do Birô? clique aqui e boas compras.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Dicas de Revenda

Como aumentar o ticket médio de sua loja?

Está com dificuldade para aumentar o ticket médio da sua loja e arrasar nas vendas? Confira o nosso post e acabe de vez com as suas dúvidas!

Published

on

Aumentar o ticket médio de uma loja é sinônimo de lucro! Isso porque esse indicador de rendimento nada mais é do que o resultado de todas as vendas efetivadas durante um determinado período dividido pela quantidade de consumidores que a loja atraiu ao longo do mesmo tempo. Desafiador, não é mesmo?

 

Portanto, se o seu negócio faz parte do setor de varejo, você já deve ter notado que alcançar bons resultados não é tão simples assim — é preciso planejar boas promoções, contar com uma equipe capacitada e, claro, conhecer bem o seu público-alvo.

Agora, se mesmo após tentar inúmeras estratégias você ainda não conquistou o seu objetivo, não deixe de conferir esse post! Aplicando algumas dicas exclusivas, é possível turbinar o caixa da sua empresa e ser um sucesso em vendas. Acompanhe.

Planeje promoções de produtos complementares

Que a clientela adora uma boa promoção, nós já sabemos, porém, planejar ofertas realmente eficientes requer muita análise e dedicação.

Por se tratar de uma loja de bolsas e acessórios, a nossa primeira dica é que você desenvolva promoções de produtos complementares. Em outras palavras, estes são os famosos combos promocionais — uma ótima maneira de atrair os consumidores que terão o benefício de adquirir mais de um item da sua loja.

Quando esse tipo de oferta é bem planejado, você pode conquistar ótimos resultados a médio e longo prazo. São eles:

  • Aumento do lucro sobre a venda individual;
  • Facilidade para atrair clientes em busca de ofertas;
  • Grande retorno no valor de aquisição de um novo cliente.

Não sabe como aplicar essa ideia? Te explicamos: imagine que há um acúmulo de um determinado modelo de bolsa no seu estoque. Use essa peça junto a outros produtos, como carteiras ou cintos, e ofereça um valor promocional para os clientes que levarem o combo – uma alternativa prática e vantajosa para qualquer negócio!

Invista em promoções diferenciadas

Provavelmente, você já recebeu algumas indicações durante a vida, certo? Seja para assistir a um filme, jantar em um restaurante bacana ou, até mesmo, comprar um produto de qualidade. Com uma loja de acessórios, isso não é diferente.

Receber indicações de clientes é uma das grandes conquistas de uma empresa. É por meio desse mecanismo que a sua marca pode aumentar o ticket médio e se tornar ainda mais conhecida, mesmo sem realizar grandes investimentos em publicidade ou estratégias de marketing mirabolantes.

Como já era de se esperar, um dos maiores desafios entre os empreendedores é descobrir maneiras de alcançar essa riqueza para as suas empresas. Quer saber como? Antes mesmo de apostar em qualquer estratégia, podemos dizer que o crucial é prestar um serviço de qualidade e trabalhar somente com bons fornecedores. Isso fará com que o seu consumidor fique sempre satisfeito, aumentando as chances de uma indicação no futuro.

Dica de ouro: há ainda, outra alternativa igualmente eficaz — as promoções. Se existe uma maneira de estimular a indicação da sua loja é facilitando a compra do seu público. Por exemplo: é possível oferecer descontos sempre que a sua loja for indicada para a rede de amigos de um cliente. Os descontos podem ser disponibilizados tanto para o cliente antigo quanto para o novo.

Dê descontos progressivos para aumentar o ticket médio

Para fugir da competitividade do mercado, atrair os consumidores e aumentar o ticket médio, é fundamental ser criativo. Tal característica é muito importante, já que os clientes estão mais exigentes e buscam por opções diferenciadas na hora de realizar uma compra.

Seguindo esse pensamento, um truque muito utilizado pelos grandes gestores que desejam aumentar o ticket médio é o chamado desconto progressivo — uma excelente estratégia para estimular o público a adquirir cada vez mais produtos de uma marca.

O programa funciona assim: quanto mais o consumidor comprar, maiores serão os descontos oferecidos. Essa técnica pode aparecer de diferentes formas no seu negócio. Veja abaixo:

Para um mesmo item

O cliente recebe descontos ao adquirir uma maior quantidade de um único acessório. Por exemplo:

  • 1 bolsa: R$200;
  • 2 bolsas: 150 cada unidade;
  • 3 bolsas: R$100 cada unidade.

Para produtos de marcas ou coleções diferentes

Nessa situação, o consumidor poderá adquirir produtos de diferentes categorias e, mesmo assim, aproveitar as vantagens da compra. Essa opção é indicada para lojas que estão em fase da “queima de estoque”. Por exemplo:

  • 3 acessórios: 10% de desconto;
  • 6 acessórios: 15% de desconto;
  • 10 acessórios: 20% de desconto.

Lembre-se: essas sugestões serão realmente valiosas se você investir em uma série de boas práticas para o seu estabelecimento, como contar com um time capacitado, oferecer um excelente atendimento e trabalhar com uma grande variedade de produtos de qualidade.

Agora que você já está por dentro das principais estratégias para aumentar o ticket médio, que tal conferir outras dicas incríveis para o seu negócio? Siga a nossa página no Facebook e acompanhe as novidades!

Continue Reading

Dicas de Revenda

Quer saber como fidelizar um cliente?

Fidelizar um cliente é um dos principais pilares do sucesso de qualquer empresa. Confira o nosso post e descubra como ter um exército de fãs!

Published

on

Ser um grande sucesso em vendas é o desejo de toda empresa. Por essa razão, muitos gestores estão constantemente testando novas fórmulas para atrair e encantar o público. Contudo, de nada adianta apostar em técnicas milagrosas de vendas, se você não investir em ações exclusivas para fidelizar um cliente.

Isso mesmo! Segundo especialistas, a fidelização é um dos principais caminhos para aumentar a lucratividade de um negócio — seja ele de pequeno, médio ou grande porte.

Pensando no assunto, preparamos dicas exclusivas para você criar um exército de fãs e destacar a sua marca no mercado. Acompanhe.

1. Conheça o seu cliente

O primeiro passo para qualquer marca que deseja fidelizar um cliente é: conhecer bem o seu público. Se você deseja acertar em cheio nas suas ações, é fundamental saber com quem está falando.

Estude o perfil do seu consumidor e analise profundamente os seus interesses. Como isso pode ser feito? Comece observando a sua base de clientes. Procure por características em comum entre os seus principais consumidores. Se, mesmo assim, você não encontrar dados relevantes, é possível conversar com os seus compradores pessoalmente ou por meio de pesquisas de satisfação.

Com esses dados em mãos, você poderá construir o conceito do seu cliente ideal e, sempre que for necessário, utilizar esse perfil para desenvolver as suas ações de marketing e vendas. Dentre as principais questões que devem constar nesse levantamento, podemos destacar:

  • A rotina do seu cliente;
  • Hobbies preferidos;
  • Canais de comunicação mais utilizados;
  • Principais necessidades;
  • Características como localização, idade, gênero, formação acadêmica.

2. Aposte as suas fichas na boa comunicação

A boa comunicação é a chave para alavancar de vez as suas vendas. Todo cliente deseja ser ouvido e compreendido de modo eficaz. Para uma loja de acessórios, por exemplo, saber dizer o que o público quer ouvir é fundamental.

Mas afinal, como essa comunicação pode ser feita de modo inovador? Simples: investindo nos canais capazes de manter o consumidor mais próximo.

Publicações nas redes sociais, newsletters, informativos ou, até mesmo, criando um blog especial para a sua marca são boas escolhas. Independentemente da sua decisão, você deve criar um canal de comunicação que informe, interaja e ofereça conteúdos relevantes aos clientes.

E tem mais! Para melhorar o relacionamento, não deixe de seguir algumas dicas essenciais:

  • Tenha segurança nos seus argumentos: evite usar expressões como “eu acho” e seja sempre transparente e honesto nos seus discursos;
  • Vocabulário: cuidado com as palavras usadas. Mostre profissionalismo e seriedade ao longo de qualquer diálogo;
  • Fuja da agressividade: procure ter empatia em qualquer situação e trate o cliente com simpatia e cordialidade.

3. Crie ações exclusivas para fidelizar um cliente

Que tal criar ações especiais para fidelizar um cliente? Nesse caso, há uma série de estratégias que podem ser desenvolvidas para a sua marca. Abaixo, selecionamos as principais:

Promoções

De acordo com o Instituto Popai Brasil, uma oferta bem planejada pode aumentar as vendas em até 200%. Para criar uma boa promoção, não deixe de conferir o preço da concorrência e, se possível, ofereça um valor mais vantajoso para os seus produtos.

Essa ação pode ser direcionada aos novos clientes, com a intenção de fidelizá-los. Lembre-se ainda de anunciar a oferta em todos os seus canais de comunicação e estipular um prazo de início e fim para a campanha. Você também pode criar os seguintes formatos de promoção:

  • Leve 3 pague 2;
  • Descontos progressivos a partir da 2ª compra;
  • Frete grátis para e-commerce;
  • Bônus para a próxima compra;
  • Ofertas exclusivas para aniversariantes, consumidores cadastrados no mailing ou clientes fiéis.

Condições de pagamento facilitadas

Outra dica para fidelizar um cliente: facilite as compras oferecendo diferentes condições de pagamento. Além das alternativas mais tradicionais — dinheiro, cartão de crédito e débito —, é possível permitir que o cliente pague a compra através do celular ou, até mesmo, por boleto bancário.

Pós-venda

Se engana quem imagina que, com a venda concluída, o trabalho já acabou. Nada disso! Após fechar negócio, é preciso continuar mantendo o relacionamento com o cliente. Isso mostrará que você se importa com a satisfação do seu público e está disposta a oferecer um atendimento de alta qualidade.

Um bom pós-venda deve ser feito por e-mails, ligações ou, até mesmo, por WhatsApp. Nesse processo, você pode pedir opiniões sobre os produtos, informar a chegada de novidades na sua loja, notificar o público sobre promoções ou, inclusive, apresentar novas opções de compras.

Fidelizar um cliente é realmente importante para qualquer empresa. Seguindo essas dicas, em breve, você notará a diferença nos seus resultados mensais. Invista nessas ideais!

Gostou do nosso artigo? Para conferir mais conteúdos como estes, curta já a nossa página no Facebook e até a próxima!

Continue Reading

Dicas de Revenda

7 dicas para você atrair clientes para a loja

Atrair clientes para a loja é o primeiro passo para vender mais.

Published

on

Um dos maiores desafios de qualquer comerciante é atrair clientes para a loja. Nesse período de recuperação econômica, o consumidor está ainda mais criterioso para comprar. Diante disso, é importante desenvolver estratégias para manter seu negócio competitivo e atrativo ao público durante todo o ano.

Quer saber como? Confira nossas dicas e mantenha seu fluxo de clientes sempre ativo!

1. Para atrair clientes para a loja, ofereça um mix de produtos atrativo

Para atrair clientes para a loja, é preciso que os produtos comercializados estejam alinhados às necessidades e aos desejos dos consumidores. Ainda, esses produtos devem manter um padrão de qualidade que atraia os olhares do seu público.

A pesquisa de mercado, assim como a avaliação da concorrência, são ações que podem ajudar nessa definição. E para que sua loja seja uma referência, é preciso levar em consideração as tendências nacionais e internacionais, renovando seu mix com regularidade e oferecendo sempre novidades para seus clientes.

Outro fator que é importante na hora de montar um mix de produtos é a sazonalidade, por exemplo, no verão, oferecer bolsas para a praia, na volta às aulas, mochilas práticas. Isso manterá as suas vendas sempre aquecidas e ajudará a atrair clientes para a loja o ano inteiro.

2. Escolha bons fornecedores

Os fornecedores são grandes parceiros para o sucesso dos negócios. Dado seu alto valor estratégico, é fundamental escolhê-los bem. Para isso, faça uma pesquisa sobre a reputação deles no mercado, verifique críticas e elogios na internet, avalie sua atuação e a periodicidade de atualização de seu catálogo de produtos.

Ainda, para atrair clientes para a loja, os produtos oferecidos por seus fornecedores devem primar por oferecer qualidade a um preço atrativo – e esse diferencial que poderá ser repassado para seu público.

3. Desenvolva estratégias de marketing

Que o marketing é essencial para o sucesso de qualquer negócio você já deve imaginar, certo? E, sem ele, ficará muito difícil atrair clientes para a loja.

Por isso, é essencial desenvolver estratégias de marketing, e, para isso, saiba que não é necessário investir altas somas em dinheiro!

Atualmente, a internet é o ambiente perfeito para divulgar negócios e atrair público para seu ponto de venda. De acordo com estudo realizado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), nove em cada dez consumidores brasileiros com acesso à internet realizam pesquisas online antes de definir suas compras. Assim, ter uma presença online é importante para incrementar suas vendas.

É possível, por exemplo, desenvolver um site contratando uma empresa especializada, que entregará uma solução mais robusta e completa, porém sob um custo maior, ou, então, criar um endereço simples com serviços, como o Wix.

Outra opção é criar um blog ou página no Facebook, para compartilhar novidades, tendências, dicas e promoções para o seu público. É indo onde ele está que você conseguirá atrair clientes para a loja sempre!

4. Ofereça promoções e descontos progressivos

As ações promocionais, além de ajudar a atrair clientes para a loja, podem aumentar as vendas em até 200%, de acordo com o Instituto Popai Brasil!

Para realizá-las com sucesso, é preciso ter um objetivo claro, definir um desconto ou condição especial que não afete negativamente sua margem de lucro, estipular um prazo de vigência e divulgar essa ação. Com certeza, planejando bem, sua promoção ajudará a encher a loja!

5. Crie uma vitrine atrativa

A vitrine é uma das grandes estimuladores de fluxo de clientes em sua loja, por isso, merece, também, uma atenção especial.

Conforme pesquisa, passamos cerca de 82% de nosso tempo na rua. Dessa forma, a vitrine é um grande cartão de visitas e atrativo para convidar clientes a conhecerem e a entrarem em sua loja!

Para que sua vitrine seja atrativa, comece avaliando suas condições de manutenção e seus recursos básicos, como limpeza, organização, iluminação, piso, fundo da vitrine, etc. Nela, você deve, também, divulgar suas promoções, usando adesivos, plaquetas, móbiles, entre outros recursos.

E para que ela ajude sempre a atrair clientes para a loja, é importante ter um objetivo ou um tema definido (por exemplo, Dia dos Pais, Férias, Volta às Aulas, etc.), ser criativo, evitar excesso de itens e poluição visual e renová-la com frequência – assim, quem passar na frente terá a percepção de que sua loja sempre tem novidades e voltará outras vezes.

6. Aposte em visual merchandising para atrair clientes para a loja

Você sabe o que é visual merchandising? É importante conhecer esse conceito, pois ele está bastante relacionado ao seu fluxo de vendas e de clientes.

Trata-se, basicamente, de todos os esforços e técnicas utilizadas para atrair clientes para a loja e apresentar seus produtos de forma atrativa, abrangendo tudo aquilo que compõe o visual de seu negócio, a arrumação de sua loja e a exposição de seus produtos, de modo a criar um impacto positivo e favorecer um incremento de vendas.

Caprichando no seu visual merchandising, você poderá ver seus lucros e sua carteira de clientes crescer – de acordo com pesquisa do SEBRAE essa técnica pode aumentar as vendas em até 40%!

7. Faça pós-venda

Além de atrair clientes novos, é importante, também, manter o fluxo de clientes antigos em seu negócio.

Para isso, o pós-venda é fundamental, representando o conjunto de ações executadas para manter a continuidade do relacionamento com seu cliente e garantir a manutenção de sua satisfação. Assim, ele sempre vai voltar para comprar com você!

E então, gostou de nossas dicas? Está pronto para colocá-las em prática e ver seu fluxo de clientes crescer? Conte para a gente suas dúvidas e experiências nos comentários. Até a próxima!

Continue Reading

Trends Tops

Biroshop | BRW MODAS LTDA - EPP | Rua Julio Ribeiro, 243 Loja 515 - CEP: 03010-030 | São Paulo - SP Brasil | CNPJ:17.235.967/0001-55